Oncologia e Radiologia Intervencionista | Biópsias percutâneas por imagem

Oncologia

Acesse no menu abaixo os principais procedimentos que a equipe da Íntegra Medicina Intervencionista realiza na área de Oncologia e demais áreas.

Biópsias Percutâneas Orientadas por Imagem

A biópsia é um procedimento que tem por objetivo coletar amostras de tecido ou órgão do corpo para posterior análise laboratorial e histopatológica, estabelecendo-se um diagnóstico.

O procedimento de biópsia pode ser realizado por diversas maneiras, sejam por meio de tubos que são colocados por dentro de orifícios naturais do corpo (ex: colonoscopia e endoscopia), por meio de cortes cirúrgicos (laparotomia, toracotomia), por técnicas de videolaparoscopia, e, mais recentemente, por métodos intervencionistas percutâneos (através de pequenos furinhos na pele) orientados por exames de imagem.

Quando uma biópsia percutânea é indicada?

A técnica de biópsia percutânea pode ser realizada em praticamente todas as regiões do corpo, sendo frequentemente utilizada em nódulos de tireoide, mama, rim, fígado, pulmão, próstata, ossos, entre outros. Na especialidade da Oncologia, este exame é extremamente importante, pois possibilita diferenciar se um tumor é benigno ou maligno, além de fornecer características individuais destes tumores para que possa ser feito o melhor tratamento possível (medicina personalizada).

Como é realizada a biópsia percutânea?

A biópsia percutânea orientada por imagem é um procedimento minimamente invasivo, ou seja, sem a necessidade de cortes, geralmente realizada apenas com o uso de anestesia local. O médico Radiologista Intervencionista consegue obter o material necessário a ser examinado por meio de um conjunto de agulhas especiais. Para poder realizar o procedimento com segurança são utilizados modernos aparelhos de imagem radiológicas que orientam a precisa localização da lesão, como por exemplo a ultrassonografia, tomografia, ressonância magnética e fluoroscopia.

A equipe da Íntegra indica que a biópsia seja feita em um hospital-dia. A depender do órgão ou região do corpo biopsiada, o paciente pode receber alta médica logo a seguir ao término do exame. Em outros casos, o paciente fica em observação com monitorização de enfermagem e apoio médico por um período que pode variar entre 1-6 horas após o procedimento. Após esse período os pacientes recebem alta e podem voltar às atividades habituais no dia seguinte.

Existem riscos relacionados a este tipo de procedimento?

Todo procedimento médico contempla alguns riscos. Entretanto, de modo geral, os métodos intervencionistas percutâneos são aqueles que apresentam os menores índices de complicações. Dos riscos possíveis os principais são dor no local e/ou no ombro direito e um pequeno sangramento ao redor do órgão biopsiado. Os médicos da equipe da Íntegra Medicina Intervencionista tomam todo o cuidado para a prevenção e tratamento destas possíveis complicações, realizando os procedimento sempre em ambiente seguro, com técnicas reconhecidas por literaturas cientifícas.

Agende sua consulta

Preencha seus dados para ser encaminhado ao nosso atendimento.
Esperamos poder ajudá-lo!